Posts tagged ‘jantar romântico’

Jantar especial: Camarão na abóbora

O Dia dos Namorados foi uma comemoração coletiva lá em casa. Eu, o Digo e mais três casais muito amigos que já apelidamos de “família carioca”, embora todos nós sejamos mineiros “da gema”, jantamos em grande estilo e foi muito divertido. 🙂

O menu foi um sucesso! De entrada, comemos queijo de cabra com geléia de damasco e blue cheese com manjericão. Coloquei os queijos em mimi-rechauds para amolecerem e ficarem quentes. Também servi tomatinhos assados com tomilho e iscas de filé com alho-porro e cogumelos shitake (vou postar a receita por aqui em breve!).

O prato principal, que darei a receita a seguir, foi camarão na moranga com arroz e chips de mandioquinha.  A sobremesa lembrou a infância, com brigadeiros de chocolate amargo servido em colherzinhas.

Você vai precisar de:

(Para 8 pessoas)

– 1 moranga daquelas laranjas bem grandes (a maior que encontrar)

– 2 garrafinhas de leite de coco

– 2 potes de requeijão cremoso light

– 800 g de camarões médios, frescos e limpos, sem cabeça e sem pele

– 8 a 10 camarões bem grandes, também limpos

– 15 a 20 tomatinhos piccolo maduros cortados em rodelinhas grossas

– 1 cebola média cortada em cubinhos

– 4 dentes de alho picadinhos

– Cebolinha a gosto

– Sal e pimenta do reino a gosto

– 1 fio de azeite extra virgem

Preparo:

Corte a “tampa” da abóbora e retire o miolo com as sementes, transformando a abóbora em um recipiente. A concavidade deve acomodar todo o recheio, mas deixe a polpa inteira nas laterais e no fundo. Embrulhe toda a abóbora em plástico PVC e coloque no microondas por 20 minutos na potência alta. Depois, escorra a água que ficou dentro dela, pincele óleo na casca para ficar brilhante (opcional) e coloque no forno, embrulhada em papel alumínio, por mais 1h ou 1h30, até que fique tenra, mas não muito mole. Depois de cozida, coloque-a de cabeça para baixo sobre uma vasilha para escorrer, novamente, o excesso de água. Reserve.

Para o recheio, tempere os camarões com sal e pimenta do reino. Reserve. Aqueça o azeite em uma panela antiaderente. Refogue o alho, a cebola e o tomate. Acrescente os camarões temperados e deixe que eles cozinhem até ficarem avermelhados. Em seguida, adicione o leite de coco. Misture e junte o requeijão. Mexa mais um pouco e deixe ferver brevemente. Se necessário, ajuste o sal.

Em uma panela separada, cozinhe os camarões maiores e use-os para decorar a borda da abóbora. Mas tem uma dica: camarões já descascados, como os que comprei, ficam fechadinhos e não consegui abrí-los para enfeitar a abóbora. Portanto, para a decoração, use os camarões ainda com casca, porque depois de cozidos, não enrolam a cauda. No meu caso, como a intenção falhou, usei os graúdos sobre o arroz. Ficou lindo também!

Despeje o caldo dentro da abóbora e coloque no forno médio pré-aquecido por mais 20 minutos, só mesmo para manter a abóbora quente e não esfriar a comida (Eu não fiz isso, achei que o caldo quente era suficiente. Resultado: a comida esfriou super rápido.).

Na hora de servir, coloque a cebolinha picada por cima. Voilá! Saboreie uma comida divina com prazer!!!

junho 16, 2010 at 13:20 3 comentários

Orquídeas e um convite para jantar

Ontem saí do trabalho, achando que o dia estava no fim e que eu ia tomar um banho e dormir mais cedo. Que nada! Abri a porta do apêzinho e dei de cara com orquídeas lindas e um convite para jantar!!!

É que no dia 1º de dezembro completei 1 ano no Rio de Janeiro e ontem, dia 2, o Digo quis comemorar o ano que passamos efetivamente juntos. Isso não é um amor, gente?

Fomos ao Gabbiano Ristorante, lá perto de casa, na Barra da Tijuca. Uma graça o lugar e o atendimento é muito bom (Só reclamei um pouco da falta de privacidade, já que um garçon ficou praticamente à nossa disposição, muito próximo da mesa. Mas depois que você bebe algumas doses, até esquece que a figura está ali ao lado e conversa normalmente).

Pedimos de entrada uma caponatta com cesta de pães que estava muito gostosa e para jantar nós dois comemos (adivinhem!) um maravilhoso risoto de cogumelos frescos. Estava realmente divino! Para acompanhar os pratos, tomei um vinho rosé geladinho para rebater este calor carioca. O Digo foi mais agressivo: pediu Jack Daniel’s.

A noite foi ótima, muito agradável, como todas as vezes em que saímos juntos para conversar e nos divertir. Hoje acordei um bagaço, mas muito feliz! Meu marido não é um amor?

Ah! O Cozinha Fácil também tem uma receita de risoto de cogumelos frescos, mas essa é com arroz 7 grãos. Quer ver? Clique aqui ó.

dezembro 3, 2009 at 12:08 4 comentários


RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Cozinha Fácil no Twitter

Posts por data

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031